Produção Cultural: Virada Cultural de São Paulo começou essa semana

Postado por em mai 2, 2013 em Agenda | 0 comentários

Com homenagem a Chorão, realizada pela banda A Banca, e show de Daniela Mercury, a Virada Cultural 2013 teve sua programação divulgada na manhã desta quinta (2), em São Paulo. O título desse ano é “venha viver a Virada”.

Números da Virada

  • 25 palcos no centro

  • 3 mil pessoas na produção

  • 50 geradores de energia

  • 42 ambulâncias

  • 1300 seguranças

Prefeitura de SP

Ao todo serão 900 atrações, que ainda incluem shows de Zimbo Trio, Raça Negra, Jorge Aragão, Emicida, Rapin Hood e Criolo. O investimento para o evento é de R$ 10 milhões.

Entre as atrações internacionais estão o músico George Clinton e o grupo de rap Black Star. Além de Chorão, também serão homenageados o cineasta Carlos Reichenbach, Marku Ribas e Paulo Vanzolini.

A homenagem a Vanzolini terá a presença de Ana Bernardo e contará ainda com uma surpresa, segundo prometeu o Secretário Municipal de Cultura, Juca Ferreira. De Reichenbach, será exibida uma sessão de filmes trash dos quais o diretor foi curador.

O palco Estação da Luz receberá a Viradinha, com diversas atrações infantis. No espaço se apresentam Pequeno Cidadão, Peixonautas e a banda Barbatuques.

Na Praça da Sé, os humoristas Fábio Porchat, Danilo Gentili, Oscar Filho, Rafinha Bastos e Rafael Cortez animam o público com espetáculos stand-up. A apresentação de Gentili em 2012 recebeu cerca de sete mil pessoas no Viaduto do Chá.

O evento ganha um novo palco, na palco 25 de Março, que reunirá artistas da nova MPB, com shows de Metá-Metá, Otto e Hurtmold, e a Praça Roosevelt terá apresentações de espetáculos de teatro adulto e infantil.

Nas ruas, um cortejo de 20 blocos e congadas fazem o percurso do Vale do Anhangabaú até o Minhocão. Em 2012, a Virada reuniu quatro milhões de pessoas em 24 horas de evento.

Centro

“A Virada já experimentou sair do centro, mas seu conceito exige certa concentração. Uma de suas qualidades é produzir convivência”, afirmou Juca Ferreira, secretário Municipal de Cultura.

“Fechamos parceria com a Google e eles estão desenvolvendo aplicativo para que as pessoas possam ter acesso permanente à programação, selecionar os eventos que querem participar e acompanhar se estão atrasados, ver a distância, qual é o melhor caminho”, diz.

Segundo o secretário, além de ser um evento da cidade, para os paulistanos, a Virada também fortalece a atividade econômica.

O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, acredita que, com a vinda de pessoas de outros estados, a Virada pode se tornar nacional. “Tendo a acreditar que a Virada pode ser evento nacional. Operadoras de turismo já começam a oferecer pacotes para a Virada, vamos ver como funciona esse ano.”

Confira a programação completa.

fonte: guia.uol.com.br

Compartilhar/Favoritos

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>